24 de Agosto de 2017

Diaconia é tema central da 16ª Assembleia Sinodal

Diaconia: Servir a Deus e fazer a diferença. Estas palavras estiveram constantemente presentes nos relatos de apresentação das instituições diaconais ...

Diaconia é tema central da 16ª Assembleia Sinodal

Quinta-feira, 24 de Agosto de 2017

Diaconia: Servir a Deus e fazer a diferença. Estas palavras estiveram constantemente presentes nos relatos de apresentação das instituições diaconais que prestam serviço fundamental para se viver em uma sociedade justa.

No último sábado, 19 de agosto, a Comunidade Evangélica Ascensão, em Novo Hamburgo, recebeu mais de 170 pessoas, entre ministros, ministras, dirigentes e líderes de paróquias, comunidades e instituições do Sínodo Rio dos Sinos, para a realização da 16º Assembleia Sinodal Ordinária.

Após a recepção com café da manhã na CASA 2000, local em que ocorreram reencontros e animadas conversas, participantes da Assembleia dirigiram-se ao auditório da Escola Oswaldo Cruz.

No auditório, as pessoas presentes foram recebidas de uma maneira diferente: ao som de “Deus é Castelo Forte”, de Martim Lutero, ocorreu um desfile de roupas inspiradas em Catarina von Bora, esposa do Reformador, coordenado pela senhora Vera Leane Roth.

As vestes são fruto do Trabalho de Conclusão do Curso de Moda da estudante Morgana Schütz, que viu neste trabalho uma forma de falar às pessoas sobre a história da Igreja Luterana e sobre os 500 Anos da Reforma.

Após a bela apresentação, a 2ª Secretária do Conselho Sinodal, Maria Regina Lucini, leu a convocação da Assembleia. Em seguida, o P. Martin Volkmann, Presidente da Assembleia, declarou aberta a mesma e convidou as seguintes autoridades para compor a mesa diretiva dos trabalhos: Pastor Dr. Nestor Paulo Friedrich, Presidente da IECLB, Pastor Sinodal Edson Edilio Streck, Elisabetha Kannenberg, Presidente do Conselho Sinodal, Pastor Hardi Brandenburg, da Comunidade Ascensão, Professor Seno Leonhardt, Diretor da Instituição Evangélica de Novo Hamburgo (IENH) e Lurdes Irene Gerhardt, Presidente da Comunidade Ascensão.

O Pastor Hardi Brandenburg dirigiu a meditação de abertura a partir de areia e de pigmentos minerais, que não desbotam com o tempo. Ele trouxe uma palavra de reflexão sobre o tema Diaconia. Destacou que a ação e o amor, que Cristo nos ensinou a perpetuar, não podem desbotar, nem se dissipar. 

Depois da meditação, integrantes da Mesa Diretiva dirigiram suas palavras de saudação. 

O momento de louvor foi conduzido pelos pastores Timóteo Seixas dos Santos, da Comunidade Scharlau, em São Leopoldo, e pelo Pastor Leonídio Gaede, da comunidade de Itati.

Introduzindo o tema central da Assembleia, o Vice-Pastor Sinodal, Carlos Eduardo Müller Bock, apresentou a fundamentação teológica da Diaconia, destacando que ela tem sua base no amor de Cristo e que ela deve ser o reflexo desse amor aqui na Terra.  

Em seguida, representantes de instituições diaconais no âmbito sinodal apresentaram o trabalho de cada uma. A Irmã jubilada Ruthild Brakemeier, da Casa Matriz de Diaconisas, apresentou momentos históricos da ação das diaconisas no âmbito do Sínodo. Destacou o CECRIFE (Centro Cristão Feminino), que desde 1980 auxilia crianças e adolescentes em situação de risco.

A seguir, o Pastor Carlos Heinz Eberle, da Comunidade Ascensão, falou sobre a AEVAS (Associação Evangélica de Ação Social).

O Pastor Carlos Bock apresentou a ABEFI (Associação Beneficente Evangélica da Floresta Imperial), que há 49 anos acolhe crianças, adolescentes e adultos e oferece alguns cursos e oportunidades para que estas pessoas tracem suas escolhas para seguirem na vida de maneira digna.

Eloí Sieger Peter apresentou o trabalho das entidades diaconais mantidas pela CEPA (Comunidade Evangélica de Porto Alegre), que desenvolve-se nas áreas de educação, cultura e assistência social.

Em seguida, representando a Fundação Luterana de Diaconia (FLD) e a Rede de Diaconia, Eloir Heimerdinger falou sobre a entidade e a Rede, que têm presença marcante no âmbito do Sínodo.

Finalizando o painel de apresentações, o Pastor emérito Sílvio Schneider destacou a importância de uma educação de qualidade e de oportunidades iguais e dignas para todas as pessoas.

Por isso, ao se contribuir com as ações diaconais e incentivar cada vez mais que estas ocorram, colabora-se para um futuro com mais igualdade, acolhimento e respeito entre as pessoas.

Antes do almoço, Seguindo o programa da manhã, foram apresentadas as pessoas candidatas a representarem o Sínodo Rio dos Sinos no Conselho da Igreja.

No início da tarde, houve a eleição para representantes do Sínodo Rio dos Sinos no Conselho da Igreja. Marcos Sebastião Baum, da Comunidade de Hamburgo Velho, foi eleito como representante titular do Sínodo no Conselho da Igreja. O primeiro suplente é Daniel Alexandre Möller, da Comunidade da Redenção, em Novo Hamburgo, e o segundo suplente é Charlie Eduardo Schwantes, da Comunidade do Salvador, em Porto Alegre.

O Pastor Sinodal Edson Streck apresentou o Relatório de atividades ocorridas em 2016 e também o Plano de Objetivos e Metas para 2017, que foram aprovados com unanimidade. 

A Pastora Franciele Sander, coordenadora da Pastoral do Cuidado, falou sobre a atuação do projeto no Sínodo e como a pastoral tem auxiliado as pessoas que estão em Porto Alegre com alguma situação de enfermidade na família. Ela mostrou ao público como funciona o projeto e de que formas as pessoas podem entrar em contato para solicitar uma visita, como divulgar o projeto e como ajudar a Pastoral do Cuidado financeiramente.

Em seguida, o 2º Tesoureiro do Conselho Sinodal, Rudi João Strassburger, apresentou o relatório financeiro de 2016 e o orçamento para 2017.

Retomando o tema da assembleia, a Comissão de Mensagem trouxe aos presentes uma reflexão sobre Diaconia e sobre o incentivo ao cuidado entre as pessoas.

A celebração de encerramento foi conduzida pelo Pastor Sinodal, que falou sobre pessoas e comunidades em “re-união”, convidando as pessoas a refletir sobre o ato de se reunirem em comunidade, na igreja, para congregar-se a outras e, em conjunto, estabelecer metas e fazer prevalecer a paz e a justiça no meio em que estão, e assim, realizar a missão que Deus nos confiou.

A Presidente do Conselho Sinodal, Elisabetha Kannenberg, agradeceu a todas as pessoas que se dirigiram até a Comunidade Ascensão para a Assembleia Sinodal. Ao final, o Pastor Presidente da IECLB, Pastor Dr. Nestor Paulo Friedrich, conduziu o momento de bênção final e envio.

 

 

IECLB

Contato

Rua Amadeo Rossi, 467 B - Bairro Morro do Espelho
São Leopoldo / RS - CEP 93030-220

(51) 3589 3821
(51) 3037 7527
(51) 999133 9052

faleconosco@sinodors.org.br

hand made by Senso*