Datada de 1930, edificação é testemunha material e histórica da imigração alemã no Rio Grande do Sul

Tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado – IPHAE, o Prédio H da Faculdades EST, localizado no Morro do Espelho, passará por processo de restauração. A primeira fase da obra, iniciada nesta terça-feira, 7, prevê a substituição das partes em madeira comprometidas no quarto andar, o reforço em metal de áreas comprometidas e a eventual substituição das telhas que não puderem ser reaproveitadas.  

Arquiteta responsável pelo restauro, Suzana Vielitz de Oliveira ressaltou a preocupação da EST em preservar materiais originais do prédio ainda em bom estado de conversação. “Nosso objetivo é fazer uma reciclagem de uso do quarto andar do prédio histórico, adaptando esse espaço às novas demandas da instituição”.

Em reunião de planejamento da obra, o gestor administrativo financeiro da EST, Dezir Garcia, indicou que, concluído o restauro do telhado, a próxima tarefa será definir um plano de necessidades de uso do espaço que abrange mais de 1 mil metros quadrados e que, atualmente, encontra-se desativado por falta de investimentos. Essa fase inicial contará com recursos de doações e com investimentos próprios da instituição. 

Construído em 1930, o Prédio H serviu originariamente como internato e Seminário Pré-Teológico (IPT) da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB). A edificação é testemunha material e histórica da imigração alemã no Rio Grande do Sul, especialmente em São Leopoldo, onde figura entre os principais roteiros religiosos da cidade. 

Na avaliação do reitor da EST, Prof. Dr. Oneide Bobsin, o prédio representa um símbolo material do engajamento de pessoas que, no passado, mobilizaram esforços em torno do projeto de formação teológica da IECLB em solo brasileiro.  “Para além do importante trabalho de restauração, essa obra precisa impulsionar um processo de atualização constante dos projetos socioeducacionais desenvolvidos no contexto da Faculdades EST”. 

O prédio onde funcionou o IPT entre 1921 e 1977, sob a coordenação do pastor Hermann Gottlieb Dohms, é uma das construções do famoso arquiteto Theodor Wiederspahn, tombado em 2007 pelo IPHAE. Na foto, Valério Schaper, Dezir Garcia e Suzana Oliveira supervisionam o prédio junto à equipe de obras.

 

Jornalista responsável: Micael Vier Behs - Assessoria de Imprensa da Faculdades EST

Fale conosco

Olá! Envie sua mensagem através do formulário abaixo.

Contato

Rua Amadeo Rossi, 467 - Prédio B Morro do Espelho - São Leopoldo - RS

(51) 3589 3821 / (51) 3134 1180

secretaria@sinodors.org.br