No último sábado, dia 06 de maio, o Sínodo Rio dos Sinos promoveu uma oficina de fotografia, que foi oferecida gratuitamente a membros de Comunidades e Paróquias do Sínodo, reunindo cerca de 30 pessoas na sede sinodal. Esta oficina foi assessorada pelo professor Rogério Soares, que lecionou em mais de três universidades do Sul do País e atuou como fotógrafo dos jornais Zero Hora e Correio do Povo.

No início da manhã, o P. Sinodal Edson Edilio Streck trouxe a palavra de saudação, e em sua reflexão, comparou a Criação do mundo com a fotografia: a luz foi o que se fez primeiro, e a palavra “Fotografia” significa “escrita da luz”. O Pastor Sinodal também dividiu algumas experiências vividas, relacionadas à fotografia.

Após este momento, as pessoas presentes assistiram a um vídeo intitulado “A criatividade de todos nós”, do fotógrafo Dewitt Jones, da National Geographic. Neste vídeo, o fotógrafo fala sobre utilizar novos pontos de vista para se conseguir fotografias nunca vistas. Devemos desafiar a nossa criatividade, buscar por diferentes ângulos, e buscar encontrar oportunidades nos problemas que a vida nos traz.

Em seguida, a palavra foi passada para o professor Rogério, que inicialmente, explicou de maneira técnica o que é fotografia e trouxe um breve relato da história da Fotografia.

Em seguida, falou dos diferentes tipos de foto e de como podemos escolher o melhor ângulo.

Ele também falou que uma boa foto, para dar certo, depende das perspectivas e do que se tem em mente ao capturar uma imagem, e colocou também que para que se consiga ter o melhor efeito em uma foto, é preciso ter a luz correta.

 O professor enfatizou que antes de se tirar uma foto, é essencial se fazer a leitura do ambiente e pensar na composição da imagem, o que se quer destacar, o que se pode utilizar como plano de fundo e, a partir de exemplos de fotografias, o professor mostrou como isto deve ser feito.

 Após o almoço, o assessor falou sobre como se deve ajustar a câmera fotográfica de acordo com a fotografia que se pretende tirar, destacando a importância da velocidade que se capta uma imagem, a quantidade de luz que entra e a qualidade da  resolução da imagem que se quer ter. Depois desta explicação, ele auxiliou cada participante com suas câmeras e celulares a utilizar as configurações dos equipamentos da melhor forma possível.

Antes do encerramento, o P. Edson convidou cada um e cada uma a compartilhar suas opiniões sobre a oficina. Douglas Silva, da Paróquia Espírito Santo, de Novo Hamburgo, disse: “achei muito bom. O palestrante experiente fez a diferença e foi muito didático, pude apreender mais sobre fotografia. Parabéns pela iniciativa! Superou minhas expectativas”.

O pastor José Atheneu Pefatti Júnior, que atua na Comunidade de Arroio dos Ratos, trouxe as seguintes colocações: “essa oficina de fotografia foi e é muito válida para membros, ministros e ministras das nossas comunidades, pois precisamos de materiais fotográficos melhores para colocar em nossa mídia. E essa ideia, de importância com certeza foi passada pelo Rogério, quando ele fala da fotografia com paixão, com entusiasmo. Foi uma oficina que certamente serviu de incentivo para que todos e todas nós produzamos excelentes fotos, com aquele olhar mais técnico, mais diferenciado. A forma de abordagem do conteúdo estava boa. O Rogério, mesmo com pouco tempo, deixou muita informação válida”.

Já o pastor Rafael Bull, ministro na Comunidade de Cachoeirinha, colocou: “o professor foi muito feliz e capacitado na forma de passar o conteúdo. Com certeza tivemos muitas informações, agora é necessário tirar um tempo e praticar tudo isso que aprendemos. Nós, de Cachoeirinha, temos interesse em continuar aprendendo mais sobre fotografia e iremos participar daquilo que o sínodo oferecer nesta área”.

Rejane Dolores da Silveira, membro da Comunidade de Cachoeirinha, disse que achou o curso muito dinâmico. Ela acrescentou que o professor teve muita vontade de passar seus conhecimentos, mas lamenta que o tempo foi curto para se por em prática o que se aprendeu. Rejane colocou ainda que a oficina foi um aprendizado valioso para a vida.

A oficina terminou por volta das 16h, com a entrega do certificado de participação às pessoas presentes.

 

Uma oração em grupo e uma salva de palmas ao professor Rogério encerraram o dia de curso de maneira muito alegre, já com muitas expectativas para um próximo encontro.

 

Fale conosco

Olá! Envie sua mensagem através do formulário abaixo.

Contato

Rua Amadeo Rossi, 467 - Prédio B Morro do Espelho - São Leopoldo - RS

(51) 3589 3821 / (51) 3134 1180

secretaria@sinodors.org.br