Neste ano, comemoram-se os 130 anos de fundação do Sínodo Rio-grandense, que marca o início da trajetória da nossa Igreja aqui no Brasil e na nossa região. O 7º Dia da Igreja, ao reunir mais de 1400 pessoas de diversas paróquias e comunidades do Sínodo Rio dos Sinos e de Sínodos vizinhos, nos mostra que o caminho pela fé está sendo trilhado na direção correta.

Todas as comunidades presentes compareceram ao evento com alegria, tendo sua individualidade impressa nas Rosas de Lutero, que ficaram expostas no ginásio pela maior parte do tempo e que foram trocadas entre os representantes das 38 comunidades e paróquias ao final do dia. Este foi um belo gesto, que faz lembrar que juntos somos um só corpo, uma só Igreja. As Rosas de Lutero confirmaram que estamos unidos em Cristo por um mesmo propósito: pregar a Palavra e fazer prevalecer a paz e a certeza de que Ele estará nos guiando.

O ambiente foi maravilhosamente preenchido pelas músicas entoadas pelo grande coro composto por integrantes do nosso Sínodo. Letras que expressavam o valor que a graça de Deus possui em nossas vidas e que nosso Pai estará sempre conosco para nos amparar e auxiliar em todos os momentos, trouxeram ainda mais significado a este dia de celebrar a fé.

 A partir do tema deste ano, “Reforma: vida na graça de Deus”, o Pastor Dr. Martin Dreher contou em uma rica prédica tudo aquilo que foi feito pelo reformador Martim Lutero há quase 500 anos em nome da fé e de um povo cristão que precisava enxergar que a salvação não é algo que se pode comprar. O amor de Deus por nós nos transforma, nos acolhe e nos faz perceber que temos valor. Lutero, ao propor a Reforma Luterana, quis nos mostrar que a verdade está na Bíblia e que a palavra nos liberta. Ao longo da celebração da manhã, também apresentou o significado de cada parte da Rosa de Lutero. A cruz preta, o coração vermelho, a rosa branca, o fundo azul e a aliança dourada foram expostas pelos representantes de cada área da nossa Igreja.

As crianças também tiveram atividades planejadas para elas neste Dia da Igreja. Os personagens de Martim Lutero e Catarina Von Bora explicaram, de forma didática, o significado da Reforma Luterana. Além disso, as crianças foram lembradas de uma maneira muito especial de que a fé e o amor de Deus por nós é o maior e mais valioso presente que elas podem receber.

 

Ao longo do dia, as pessoas puderam visitar os diferentes locais no Morro, conhecer os trabalhos das instituições e apreciar o artesanato feito pelas comunidades e paróquias, além de saborear alimentos preparados por algumas comunidades.

A tarde foi especialmente preenchida pela música, com a presença do Conjunto Instrumental do Instituto Rio Branco, do grupo DRIME e dos Mc Coys, além da atividade conjunta de Dança Sênior.

As bandas e os grupos que receberam premiação do 6 º Festival Luterano de Música  também se apresentaram na tarde de domingo. A Banda de Quinta, composta por membros da comunidade Matriz, de Porto Alegre, apresentou as músicas “A palavra é semente” e “Somente Cristo”.

Em seguida, a banda Segundo Piso, composta por estudantes da EST e amigos, cantou “Vida na Graça de Deus”, que celebra o tema do Dia da Igreja deste ano.

O grupo do PPLM (Projeto Pedagógico Litúrgico-musical da Faculdades EST) cantou a música “Sanctus”.

Para se realizar o encerramento do Dia da Igreja, o Grupo Aleluia, também premiado no Festival, foi convidado a cantar as músicas “Vida, sentido e graça” e “Minha oração”, que seguiu com bênção e envio a todos os presentes.

O Dia da Igreja foi marcado pelo espírito de comunhão e pela lembrança de que a fé é vida, é certeza na graça de Deus.

Fale conosco

Olá! Envie sua mensagem através do formulário abaixo.

Contato

Rua Amadeo Rossi, 467 - Prédio B Morro do Espelho - São Leopoldo - RS

(51) 3589 3821 / (51) 3134 1180

secretaria@sinodors.org.br